Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Tomates Carnívoros...

14.12.09publicado por Gato Pardo

Não, não é um filme de terror série B manhoso...

Parece que uns cientistas com demasiado tempo nas mãos e subsídios do estado para queimar, descobriram que os tomates e as batatas pertencem à classe das plantas carnívoras...

Primeiro que tudo, deixem-me dizer que na minha 4ª classe também tínhamos um puto com a mania de andar a trincar as orelhas (não, não era o Tyson...) a outros putos e nem por isso os cientistas se dignaram a ir lá estudar o puto (possivelmente não era o tipo de classe que eles pretendiam)...Talvez se lá tivessem ido, tinham impedido o miúdo de se tornar o homem com o QI duma batata que ele é hoje...

Adiante...Esta fabulosa descoberta vem por fim provar aquilo que eu andei a dizer à minha mãe durante toda a minha infância...

NÃO GOSTO DE SALADA DE TOMATE!!!

Mais...Vem provar também o porquê de quando como frango assado com batatas fritas, o sacana do frango tende a desaparecer mais rápido que as batatas...As sacanas comem-no também!!!

E para terminar...Comprova-se também o porquê de determinados homens na adolescência terem uma morcela de Chaves no meio das pernas e lá para a casa dos 30 terem uma salsicha de cocktail da Nobre...A culpa é dos tomates!!!

Homens, beware...Não confiem sequer numa embalagem de ketchup...E em circunstância alguma, comam batatas com o dito ketchup...Existe o sério risco de serem vocês os comidos (o que bem vistas as coisas, pode ser útil para homens solitários e extremamente mais barato que as linhas eróticas...)!

E que tal uma tasca chinesa???Não???Ok...

14.12.09publicado por Gato Pardo

Eu, que sou um fiel adepto gourmet de cachorros e pica pau, espero vivamente que nunca surja uma tasca chinesa...

Não quero correr o risco de um dia pedir um cachorro e em vez das quatro salsichas numa carcaça com mostarda, me colocarem num prato a carcaça do dito cachorro...A mostarda (espero eu) deve ser a única coisa opcional...

No caso do pica pau, seria um trauma demasiado violento ver o Woody Woodpecker numa travessa com azeitonas...

Marisqueira QUÊ???

13.12.09publicado por Gato Pardo

Chinesa...

Marisqueira Chinesa?

Pois...Desconhecem o conceito?Porreiro, que eu também...Mas como me cruzei numa transversal da Duque de Loulé com uma coisa destas, admito que me deu que pensar...

Até uns dias atrás, o meu conceito de marisqueira tinha duas opções...

a) Um restaurante com 4 empregados de panos ao ombro, um aquário gigante onde dezenas de sapateiras vivem em constante orgia com lagostas (sim, vocês sabem do que estou a falar...) e dois plasmas de dimensões gigantescas ligados na Sport TV...Mesas pejadas de pessoal que fala alto, bebem até cair como tordos e que na hora de pagar a conta fogem todos para a casa de banho na vã esperança de haver uma janelinha por onde possam passar o cú gordo...

b) Um restaurante de gente fina, com dezenas de empregados de farda imaculada, com 3 ou 4 aquários em que surpreendentemente, as sapateiras continuam em acalorada orgia sexual com as lagostas (qual sexo dos anjos, qual quê...O dos moluscos é que tá a dar...), uma mesa de entradas de fazer inveja a muitos réveillons que vão ocorrer daqui por umas semanas, música ambiente com um tipo ao piano a tocar Richard Clayderman...Mesas não tão pejadas de pessoal porque o orçamento não o permite, falam relativamente baixo e bebem uma flute de Merlot...Mas na hora de pagar a conta, o pessoal desunha-se para pagar com o mais recente cartão de crédito Gold que o banco lhe atribuiu (apesar de não terem onde cair morto)...

Admito...O meu conceito é o A embora já tenha me sentado no B...A minha humilde vénia à minha marisqueira de Alcântara que tão bem me trata (e me lixam, na hora de pagar a dolorosa...).

Voltando à marisqueira chinesa...Não entrei lá, não comi lá, e provavelmente não terei grande interesse em lá ir...No entanto, é um tópico tão bom para difamar que não podia ficar indiferente a ele (e admitam, vocês adoram quando eu me passo da marmita e crio cenários improváveis e diálogos impossíveis...).

Uma diferença que acho lixada numa marisqueira tuga e numa chinesa...Numa tuga, a sapateira vem inteira para a mesa e eu tenho direito a brinde...UM MARTELO E UMA TÁBUA!!!

Digamos que é uma espécie de Happy Meal versão anti stress...Há lá coisa mais deliciosa que mamar uma bela sapateira e ao mesmo tempo imaginar que estamos a dar umas marteladas na tola do nosso chefe???Pois, i thought so...NO caso da marisqueira chinesa, o máximo a que posso almejar é um chinoca a fazer malabarismos com espátulas e a colocar-me a sapateira em pedaços assimétricos já no prato...

WHAT DA F*CK???

Pá, eu pago para ter o prazer de esmigalhar a bicha até ao mais ínfimo pedaço (e se tiver sorte e pontaria, conseguir arremessar a pinça a 10 metros direitinha ao decote daquela jeitosa da mesa do fundo)...

Depois, sou um verdadeiro adepto daquela famosa expressão do mingle with the crowd...Em Roma, sê Romano...Numa marisqueira, sê tuga de vernáculo afiado...Sim, quando se junta um bando de amigos para mamar umas travessas de camarão, umas sapateiras e mandar abaixo uns canecos, é de prever que saiam umas palavras mais...acutilantes...Isso, e o facto de estar sentado junto dum bando de gajos que conheço...Numa marisqueira chinesa, é de prever que me sento com mais 8 gajos que nunca vi mais gordos, num há cumbíbio e os problemas de expressão com o cozinheiro são um desastre de comboio prestes a acontecer...

- Olá, calo senhol...Já escolheu?

- Sim...Vou querer o camarão...

- Camalão?

- Não...CA-MA-RÃO...Aqueles bichinhos alaranjados com bigodes...

- Zezé Camalinha???

- Não, pá...O gajo já cortou o bigode...CAMARÃO, PORRA...

- Porra, não temos...Só tigle...

- (resposta apagada por motivos de sanidade mental dos leitores e de utilização excessiva de vernáculo insultuoso que abrangia espátulas, orifícios reduzidos e cerca de 6 tubos de vaselina)...

Alcântara forever...

Gosto à brava do Natal...

09.12.09publicado por Gato Pardo

Gosto de tudo...

Das saias minúsculas das assistentes do Pai Natal do Fórum Almada, da panóplia brutal de doces da época que me fazem salivar às vitrinas das pastelarias, da hipocrisia daqueles que dizem não ter um tostão para mandar cantar o cego mas que quando nos cruzamos com eles, é vê-los mais carregados de presentes do que pessoal que odeia a música da publicidade do Pingo Doce...

Mas o que eu gosto mesmo, mesmo...é da competição...

Não sei se já repararam, mas por este país fora acaba sempre por haver dois vizinhos vossos que durante 11 meses do ano ninguém dá por eles, mas que em Dezembro toda a gente sabe quem são...Não, não são aqueles com as carrinhas da SWAT à porta com espingardas apontadas à testa...Esses são apenas os comuns dealers de droga...Refiro-me aqueles dois que embirraram que haviam de ter a casa mais luminosa numa área de 500 km...

Por motivos de privacidade, vou tratá-los por Sr. Feliz e Sr. Contente (principalmente, porque não faço ideia de como se chamam e não quero correr o risco de ficar cego ao aproximar-me demasiado das respectivas habitações para fazer tão idiota pergunta...).

O Sr. Feliz todos os anos decide que a rua onde habita não tem luminosidade suficiente, pelo que decidiu take matter in his own hands...Espetou-me umas luzes no quintal da casa que fazem inveja a muitas pistas de carrinhos de choque...Só falta mesmo Nel Monteiro a bombar a 300 decibéis e umas buzinas maradas...

O Sr. Contente é o primeiro Natal que passa na habitação...O gajo não deve gostar de Dan Brown e dos Illuminati, pelo que quando viu a casa do Sr. Feliz a catrapiscar, fez-se à vida e levou a coisa to the next level...Não só iluminou o quintal, como toda a fachada da casa, a casota do cão, a piscina (não me perguntem como...Da última vez que lidei com electricidade, fiquei com a nítida sensação que água e electricidade não eram as melhores amigas...) e acho que só não meteu luzes nas jantes do carro porque as lâmpadas entretanto devem ter acabado...

Conclusão?

Não consigo dormir...As minhas noites parecem uma pista de dança de Trance, com muitas pastilhas de ecstasy metidas ao barulho, tal a panóplia de luzinhas que me passam pelos olhos...

Tenho a dizer também que passo as noites borrado de medo que um Airbus pense que aqui o quarteirão é a pista de aterragem do Aeroporto da Portela e decida pousar aqui o bicho...

Não há por aí um electricista que me queira dizer uma maneira rápida de causar um curto circuito que envolva apenas duas habitações (de preferência que não envolva ratazanas no quadro eléctrico...É uma porra apanhá-las e o queijo de Seia que tenho no frigorífico é mal empregue para isso...)?

Ahhh...O Natal...

Época da paz...De fraternidade...De amor...De paz...De álcool no bucho...Epá, já disse paz???Pois, é que a porra das luzes não me dão paz nenhuma...

E eis que tal como Jesus...

03.12.09publicado por Gato Pardo

...o Gato ressuscitou ao 3º dia (não para salvar a humanidade, mas simplesmente para destruir a sanidade mental daqueles que por esta blogosfera passeiam, alheios aos perigos do meu vernáculo...)...

Não fui crucificado (ainda), morto muito menos (já tentaram, com resultados nulos) e sim, já desci à mansão dos mortos (embora pessoalmente, prefira a da Playboy...Mas os restantes 3 Cavaleiros do Apocalipse estavam em formação com o Joaquim Bastinhas nas instalações e lá tive eu de comparecer...)

Bem, falando de coisas sérias (sim, porque este é um blog de respeito que teima em faltar ao respeito a uma série de assuntos que não merecem respeito algum...Confusos?Eu também...) eis que hoje me apetece abordar um tópico que me é extremamente querido...Não não é a equipa do "Querido, Mudei a Casa" mas sim o maus gosto que os tugas continuam a mostrar no que diz respeito a automóveis, principalmente em equipar automóveis do tempo do Henry Ford com a mais moderna tecnologia....

Um pequeno exemplo...Hoje cruzei-me com um carro que julgava já ter sido reciclado para fazer parafusos pós cirúrgicos...Um Citróen AX!!!

ESPECTÁCULO!!!

Há que dar mérito, porque carros destes na estrada a andar sem auxílio de uma ladeira são tão raros como ver o Monstro do Loch Ness num Macdrive...Aquilo que me chamou verdadeiramente a atenção foi ver um carro da década de 80 com um escape de rendimento com uma largura maior que os dois pneus de trás juntos...Isso, já não falando da nuvem negra que largava à sua passagem, o que me fez chegar à conclusão que o condutor era um  homem consciente dos benefícios para o meio ambiente de conduzir um carro sem uma pinga de óleo no motor...Já o risco de o ver na berma 2 kms à frente com o capot a arder porque o motor entretanto explodiu, isso já é outra conversa...

Para além do magnífico escape de rendimento, outra coisa maravilhosa que o homem decidiu instalar no carro foi um aileron cuja extensão era maior que o carro em si...

Primeiro, devo dizer que foi o primeiro AX que vi com tal coisa...Segundo, que duvido que o nosso espaço aéreo esteja preparado para ver um dia destes este carro a descolar do Aeródromo de Tires...Terceiro, que duvido que o condutor tenha brevet e que o máximo que ele talvez consiga é voar de encontro a um pinhal se continuar a armar-se em carapau de corrida como o fez hoje...

Uma amiga utilizou uma expressão que acho que assenta que nem uma luva para estes carros que passeiam nas nossas estradas...Revivalismo Pós Moderno...

Traduzindo isto por miúdos, significa mau gosto levado ao extremo...OU então, são as drogas que eram muita boas...

Eu explico...Mau gosto é ter um carro a cair de podre e instalar acessórios de última geração...Porquê?Porque eventualmente só o cagaçal do escape de rendimento é o suficiente para desintegrar o carro e mandá-lo direitinho para a quinta das tabuletas...As drogas serem boas?Basicamente, é ter uma dúzia de acessórios que custaram uma pipa de massa e em vez de comprar um carro como deve ser vai-se comprar um em 17ª mão na feira da ladra...Problemas?Provavelmente, o carro deve vir tipo puzzle de 5000 peças...E se não vier, é garantido que ao dar à chave o gajo desintegra-se logo ali...Isto se ainda tiver sítio onde colocar a chave...

Isto do revivalismo, deu-me que pensar...Adoraria ver um Ford Cortina (o único carro capaz de ir de encontro a uma fachada dum prédio em Vialonga e o impacto sentir-se no Cartaxo...) comercial com um cortinado de casa de banho em vez da grelha tradicional...Não só tornava o habitáculo bastante mais colorido (isto se for uma daquelas cortinas com patinhos ou padrões psicadélicos) como era uma enorme aventura conduzir um tanque daqueles ser ter o retrovisor para manobrar o bicho...

Depois, lembrei-me dos carros amigos da matemática...

Eu ainda sou do tempo em que os carros eram os meus melhores amigos nessa disciplina (o que pode talvez explicar tão má performance na dita...)...A Renaut foi a pioneira...

Começaram pelo 4, depois o 5, avançaram para o 7, depois o 9, o 11, o 12, 15, o 18, o 21 e o 25...

Conclusões?

Os tipos da Renault nunca tiveram uma tabuada do Ratinho (serei eu o único espécime humano que tive esse maldito livro com um rato sorridente na capa?Digam-me que não, please...)É que assim de repente, dou por falta duns quantos números...

Claro, uns bons anos depois, veio a Peugeot lixar o pessoal em idade escolar...Se os números de dois dígitos já eram lixados, estes artistas levaram a coisa para as centenas...Foi o 106, o 206, 307, o 406...E pouco tempo atrás, tiveram a brilhante ideia do 1007...

Porra!!!Mas esta malta não percebe que a matemática já é complicada o suficiente sem eles a ajudarem???

É que as lacunas numéricas são mais que muitas...

É por isso que eu gosto dos Audis...

A2, A3, A4, A5, A6 e A8...

Ah, e o Q7...

Estes pelo menos são os mais certinhos...

Obrigado Audi, por me mostrarem que a matemática pode ser divertida (e no vosso caso, de alto rendimento, com consumos de 6l/100, linhas bonitas, faróis xénon, interiores em pele and so on and so on...)...

 

Pág. 2/2